10 de jun de 2011

Por que?



Estava pensando como seria mais fácil, justo e menos doloroso ter uma pessoa só na vida da gente. A gente cativa, faz juras de amor, sonha, constrói, faz planos e a vida pode simplesmente tirar essa pessoa de nós. Seja a vida, seja um erro ou uma escolha, não seria mais fácil ficar pra sempre com quem você ama? Pra que correr riscos? Depois de mais alguns minutos pensando sobre, percebi que eu estava cometendo um erro. Não seria justo “tirar” a chance que a vida nos proporciona de conhecer novas pessoas, novas experiências, estilos e cabeças diferentes... Talvez a graça esteja aí e eu ainda não percebi. Sei que é triste pensar em dar todo um amor, carinho, atenção, admiração, filhos, lealdade e outras coisas mais, para uma pessoa que você ainda nem conhece e nem sabe se vai conhecer, quando a pessoa que você tanto ama está ali, tão perto. Não sei... Sempre fui tão reservado. Sou conservador para certas coisas. Quero pra sempre. O que importa é o que sinto agora. Ainda vou tentar buscar o porquê de tantas perguntas. A vida há de me mostrar.

Um comentário: