30 de mai de 2011

Dívida

Que merda é essa que fiz... Como fui covarde. Magoei a pessoa que mais me deu amor nesse mundo. Que foi a melhor companheira e amiga. A mais fiel e honesta. As vezes me perguntava se era merecedor de todo esse amor... A resposta tardou, mas não falhou. Não. Não sou merecedor desse amor. Sei que posso fazê-la feliz. Mas sempre estarei aquém e em dívida por tudo que ela fez por mim. Só faltou o "amém"...

Nenhum comentário:

Postar um comentário