1 de mai de 2011

Mar revolto


Ela pulou. Abandonou o barco. Seja por medo ou pela pressão de algumas pessoas, o que não sai da minha cabeça é que ela não acredita mais na gente e no meu amor. Na dúvida entre ter razão ou ser feliz, ela preferiu ter razão. Sei que posso me redimir de todas as besteiras e mentiras que fiz. Sei que posso fazê-la feliz, a mulher mais feliz do mundo, mas ela pulou fora... Saiu do barco. Agora estou só e sem esperança, me resta agora encontrar um porto seguro no meio dessa tempestade para aportar.

2 comentários:

  1. Acho que ela não pulou fora, ela foi "jogada" pra fora do barco. Acho que vc fez muito bem por onde ela não acreditar mais no seu amor, na sua boa intenção, na sua lealdade. E acho, por fim, que vc já deve ter encontrado este "porto" para aportar, bem longe dela = ( E ela ainda te ama tanto, mas percebeu que vc não sabe mais cuidar desse amor e ela está cansada de tanto sofrer assim e de esperar por alguém que está na verdade buscando outras vivências e outras pessoas. Seria perde-se e ela não pode mais...

    ResponderExcluir
  2. Anônima... Não concordo com sua colocação. Achei que você não levou consideração os meus sentimentos, e além do mais, foi leviana em algumas colocações. Meu amor continua intacto por ela. Queira você ou não. Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir