31 de mai de 2011

Medo



Uma mistura tão grande de sentimentos. Sinto-me só, fraco, rejeitado, no fundo do poço... Não tenho vontade de falar, compartilhar... À vontade de desaparecer e às vezes até de morrer e acabar logo com isso tudo. Hoje entendo o porquê das pessoas que matam e morrem por amor. Se a pessoa for desequilibrada, sofrer de algum distúrbio psicológico ou simplesmente deixar a emoção tomar conta certamente é capaz de fazer alguma besteira. Ao mesmo tempo uma vontade de fazer com que as coisas aconteçam logo. Uma pressa... Até agora não conseguir sair do lugar e tenho medo de que essa angústia não passe nunca. O pior é que está ainda muito recente... Espero que algo de bom apareça em breve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário