12 de abr de 2011

Certeza

Liguei para ela e perguntei se ela queria que eu levasse algo pra casa... Ela disse que não, que já tinha organizado tudo e que estava só me esperando chegar. Sai do trabalho com uma vontade de vê-la... Ficava imaginando o shortinho que ela usava, o perfume, as coisinhas gostosas que ela tinha preparado... Queria saber como foi o dia dela, o dia do nosso filho... Ao chegar em casa ela me dava um beijo terno e mandava eu tomar banho. Ela estava  com a roupinha de dormir que eu adoro... Eu ia fala com nosso filho e depois ia para a suíte tomar meu banho. Deixava a porta encostada e enquanto tomava banho, ficava ansioso esperando uma visitinha dela. Ela apareceu... Fingiu lavar as mãos, ajeitou o shortinho, deu uma empinadinha que só ela sabe e saiu... Fiquei louco e terminei o banho as pressas. Minha vontade era de pegar ela de jeito, tirar toda sua roupa e chupá-la dos pés a cabeça. Enquanto trocava de roupa, me pegava com sorriso nos lábios e orgulhoso de ter uma mulher assim. Jantamos, conversamos, colocamos nosso filho para dormir e fomos para o quarto. Confesso que passava o dia pensando e desejando esse momento. Foi perfeito... Ela depois cochilava enquanto eu com minha mania de dormir tarde iria arrumar algo pra fazer. Talvez um freela ou ler algo. E ela estava lá. Linda, dormindo. Ela pedia sempre 10 minutinhos... Era a coisa mais linda do mundo. Perto de deitar, eu já ficava imaginando como seria o meu bom dia. Ela sempre me surpreendeu. Isso tudo que relatei, ainda não aconteceu. Mas vai acontecer. Uma das poucas certezas da minha vida é que ela vai ser minha mulher, que vamos morar juntos e ter uma vida a dois que sempre desejamos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário