29 de abr de 2011

Ilusão

Não imaginava ler mais aqueles seus e-mails que tanto tenho medo. Parecia que algo estava dizendo para eu não abrir meu e-mail hoje... Demorei a checar meus e-mails como de costume, pois tinha muita coisa pra fazer... Tentei acessá-lo perto do final do dia, mas o Hotmail estava fora do ar. Sentia algo apertando meu coração... Uma angústia... Só conseguir entrar na página às 11h e o que tanto temia estava lá. Foi tão ruim ler aquilo. Um adeus tão seco e com tanta veracidade. Pela primeira vez senti saudade daqueles e-mails que ela me mandava falando tão mal de mim... Pelo menos neles ela não queria me ver longe... Eram desabafos. Ao terminar de ler os e-mails (sim, foram dois), minha cabeça automaticamente começou a doer. Só sinto isso quando estou preocupado ou estressado. Acho que ainda não caiu a ficha. Já reli os e-mails umas seis vezes e ela é tão clara quando fala pra eu deixar ela em paz... Quieta... Ela foi fria como nunca. Medo. Medo de que agora ela se perca de mim para sempre. Estávamos nos falando e achava que íamos chegar a algum lugar. Talvez ela me perdoasse ou tentasse... Ingenuidade minha. Talvez por isso seja tão difícil de acreditar que ela me queira ver longe... Seu amor não é mais forte como antes e sei que sou o maior responsável por isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário