13 de abr de 2011

Dia do que?


Toulouse Lautrec

Passaria o dia de hoje e todos os outros beijando a boca mais perfeita, linda e saborosa que já provei... O beijo mais perfeito. Quando nossos lábios e nossas línguas se misturavam até tornar uma só boca. Quando a beijava, imediatamente meu corpo correspondia. Lembro-me perfeitamente do nosso primeiro beijo. Uma tensão gostosa, um frio na barriga, excitação, paixão. Como foi bom... Lembro que peguei o ônibus de volta pra casa inebriado. Por anos e mais anos nossos beijos eram perfeitos, ímpares... Tão difícil ficar sem esse beijo. Como já disse Álvares de Azevedo “Quero em teus lábios beber”... E como eu queria que esses lábios fossem minha fonte de alegria, de amor, de paixão... Para sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário